RESENHA: A árvore que dava dinheiro, de Domingos Pellegrini

Geral

RESENHA: A árvore que dava dinheiro, de Domingos Pellegrini

Manlei Santeoni
Escrito por Manlei Santeoni em 13/06/2016
Junte-se aos demais assinantes.

Receba conteúdo de Alto Nível para turbinar seu Inglês

Livro de fácil e agradável leitura. Fiquei bastante satisfeito durante e me peguei refletindo várias vezes sobre algumas situações apresentadas.

O livro conta a história de uma pequena cidade chamada Felicidade, onde uma árvore subitamente começa a dar dinheiro, e toda a narrativa nos mostra como os habitantes da cidade reagem a isso. É uma história bastante envolvente e empolgante. A cada momento somos apresentados a novas formas de ganhar dinheiro usadas pelos moradores, e tudo acaba se tornando um ciclo.

Gostei muito da forma com que o livro foi escrito, a linguagem é bem simples e apresenta pouca complexidade de vocabulário. Há um pouco de humor na história, mas é um humor bem sutil e nada forçado.

O autor toca em pontos como a ganancia, o egoísmo, a desonestidade, e alguns outros tipos de comportamento que as pessoas podem tomar visando o interesse próprio, e com certeza o propósito principal do livro é justamente uma critica a esses comportamentos.

Mas a grande questão é: dadas as mesmas circunstancias, será que faríamos diferente?
A verdade é que é bem difícil dizer, pois em muitos momentos da nossa vida mostramos as mesmas inclinações que os personagens do livro tiveram para tomar certas atitudes, e até podemos presenciar algumas dessas atitudes no nosso dia-a-dia.

No mais, A árvore que dava dinheiro  é um livro que recomendo, principalmente para quem está procurando uma leitura descontraída e fluída.

Para leitores intensos, que leem várias horas por dia, este livro pode ser lido em um único dia ou até dois; e para leitores casuais, que leem cerca de trinta minutos por dia, ele pode ser lido dentro de uma semana, aproximadamente.

Como se trata de um livro bem curto, não há muito o que falar dele sem contar partes importantes da história, o que certamente alteraria a experiencia do leitor e, por esse motivo, escolhi ser breve na resenha.

Não deixe de ler este livro se você tiver oportunidade, aposto que irá gostar.

Links: Goodreads, Skoob

Hey,

sua opinião é importante. Conte-nos o que achou nos comentários.